Dólar Hoje – Confira A Cotação.

16 frente da nota de 100 dólares capa do post 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

Dólar hoje! Confira a cotação abaixo.

Para atualizar as cotações, clique no ícone “recarregar página” do seu navegador de internet.

Ficar de olho, e manter-se atualizado sobre os fatores que podem estar influenciando a cotação do dólar, não só é bom, como é praticamente uma obrigação para quem precisa estar sempre negociando dólares, não é verdade?

Por isso, manterei este trecho do post sempre atualizado com os fatores sócio econômicos ambientais da atualidade, que provavelmente, estejam afetando a cotação do dólar no Brasil de alguma forma, ok?

Então, visite sempre essa página, porque assim, além de você conferir a cotação do dólar do dia, você também saberá quais são os fatos, ou, fenômenos, que podem estar influenciando a cotação do dólar, combinado?

Fatores mais relevantes.

24/04/2020 – A meu ver, os fatores mais relevantes que estão influenciando a cotação do dólar na atualidade são:

1-A pandemia de corona-vírus.

A pandemia está causando a obrigatoriedade do isolamento social, isso por sua vez, está causando o fechamento de empresas e postos de trabalho, o que por sua vez, causa incerteza na população em geral sobre os rumos da econômica a médio e longo prazo.

2-A atitude dos investidores.

O medo faz com que os investidores procurem por dólares como meio de diversificar a carteira e proteger seu patrimônio, isso por sua vez, causa uma maior procura por dólares, com sua escassez no mercado, a cotação tende a subir.

3-Demissão do ministro Sérgio Moro. 

Hoje 24/04/2020, supostamente devido ao pedido de demissão do ex-ministro Sérgio Moro, que foi motivado pela demissão do diretor geral da Polícia Federal, a cotação do dólar no Brasil bateu sua máxima histórica de R$ 5,70.

Isso pode ser reflexo de uma maior insegurança quanto ao rumo que a política no Brasil tomará a partir de agora.

 

Muito bem! 

Agora que você já conferiu a cotação do dólar hoje, o que acha de conhecer um pouco mais sobre essa moeda tão importante? 

Vamos conferir?

Dólar – A importância da moeda.

O dólar simplesmente é a moeda mais importante para a economia global atualmente em 2020, sem dúvida, afinal, ele influencia vários setores diferentes da economia, acordos de importação e exportação, inclusive a negociação de títulos, dívidas, e cotações de ativos diversos.

E o dólar também influência diretamente o nosso dia a dia, porque o preço de vários produtos sofrem a influência do dólar, como alimentos, medicamentos, vestimentas, eletrônicos e vários itens importados.

O dólar influencia também a inflação, a geração de emprego, o preço dos combustíveis, a cotação de passagens aéreas e várias outras coisas.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o dólar não é somente a moeda oficial dos Estados Unidos, ele é a moeda oficial de vários outros países como, El Salvador, Equador, Timor-Leste, Porto Rico e Panamá.

Não oficialmente, a moeda é usada nas Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Marshall, Micronésia, Zimbabwe, Ilhas Turcas e Caicos, Países Baixos Caribenhos e Palau.

Dólar – Como ele se tornou tão importante?

Tudo teve início após a segunda guerra mundial, onde o Estados Unidos despontou como a maior potência mundial.

Antes da guerra, o padrão monetário mundial era lastreado no ouro, ou seja, toda a impressão de papel moeda tinha que ser baseada nessas reservas de ouro, portanto eram limitadas.

Em 1940 passou a ser adotado o sistema dólar-ouro, onde vários países fixaram seu câmbio baseado na moeda Norte-Americana, que mantinha seu valor fixado no ouro.

No ano de 1971, ocorreu uma grande mudança nesse padrão, com os Estados Unidos determinando que a cotação do dólar deveria ser baseada na livre flutuação de mercado, que é fundamentada na lei da oferta e demanda.

Com isso, a moeda mais importante do mundo, o dólar, deixou de ser lastreado no ouro, e passou a ser uma moeda fiduciária.

Ou seja, a emissão de dinheiro não é mais baseada na existência de algo material como garantia, como era com o ouro, agora seu valor é garantido somente pelo Estado.

Com isso, o ouro deixou de ter tanta relevância como meio de pagamento, e passou a ser apenas uma commodity.

Desde então, a relevância do dólar na economia mundial só cresce, pois a maioria das transações internacionais são realizadas em dólar.

O que é a política cambial?

Apesar de a cotação do dólar teoricamente ser flutuante, na prática, não é bem isso que acontece.

Ou seja, o valor do dólar varia de acordo com a lei da oferta e demanda, más, em certos momentos, o Banco Central pode intervir para modificar a tendência da cotação.

Em alguns casos, quando percebe que a cotação está saindo fora do normal, e poderá prejudicar a economia, o Banco Central interfere com leilões de compra, ou, venda, de dólares no mercado financeiro, forçando a cotação para cima, ou, para baixo.

Esse tipo de intervenção é conhecido como política cambial.

Dólar – Como funciona a conversão.

A primeira coisa que precisamos entender é que a conversão entre moedas é feita em “paridades”.

Ou seja, a conversão será feita pela paridade entre duas moedas como por exemplo, entre o dólar americano, e o real brasileiro, ou, entre o euro, e o real brasileiro.

Isso funciona da seguinte forma:

Se ao conferirmos a cotação do dólar comercial no Brasil ele estiver cotado a R$ 5,30, isso significa que essa é a cotação entre a paridade do dólar comercial x real brasileiro, ok?

E, isso significa que 1 dólar (US$ 1,00) no Brasil, está valendo R$ 5 reais e 30 centavos.

Para saber quanto R$ 1 real vale em dólar é só dividir R$ 1 real pelo valor da cotação do dólar. 

Ou seja, 1 dividido por R$ 5,30 equivale a US$ 0,188 centavos de dólar.

Existem vários sites com conversores de moeda na internet.

Dólar - Como surgiu esse nome?

Além dos Estados Unidos, 8 outros países nomearam suas moedas oficiais como dólar (símbolo: $): Austrália, Canadá, Hong Kong, Jamaica, Namíbia, Nova Zelândia, Singapura e Taiwan.

A origem do nome surgiu no século XVI na Boêmia, região próxima à atual República Tcheca, mais especificamente no Vale de São Joaquim.

Nesse local eram cunhadas moedas de prata para uso no comércio.

O nome original do local era “Joachimsthaler” e o nome dólar se originou da abreviação do nome do local.

Com o tempo foram chamando de Thaler, o que significa “do vale”.

E os holandeses logo passaram a cunhar moedas semelhantes adaptando seu nome para “daler”.

E com o fluxo de holandeses para os Estados Unidos durante os séculos XVII e XIX, o nome das moedas holandesas foi sendo incorporada na cultura Norte Americana, que por fim terminou por chamar a moeda local de “dólar”.

Dólar – Como identificar notas falsas.

A forma mais usada e mais fácil de identificar uma nota falsa de dólar é pelo tato, “toque”, pela qualidade do papel.

Uma característica muito forte do papel das notas verdadeiras de dólar americano é que ele é feito de algodão com fibras de linho, o que o diferencia bem do papel comum.

Existem várias outras características que você deve observar como, a nitidez da impressão, que deve ser perfeita, precisa e nítida, sem borrados. 

Observe também o alinhamento e a uniformidade da separação dos números de série da nota. 

Passe a mão na nota e perceba se a tinta apresenta um leve, alto relevo.

Na nota de 100 dólares, que é a mais falsificada, se você inclinar a nota, deve existir o número 100 no canto inferior direito, que deve mudar de cor de verde para preto.

Verifique também se existe o filete de segurança na nota de 100, que você só verá se segurar a nota contra a luz, no fio deve existir as palavras “USA” e “100” alternadas.

Nas notas de 100 impressas após 1996, deve existir uma marca d´água no espaço em branco do lado direito da nota com o rosto de Benjamim Franklin. A imagem deve estar fraca, más visível dos dois lados da nota.

Você também pode pegar uma lupa e procurar microimpressões que geralmente só existem em notas mais antigas, por exemplo, as notas de 100, impressas entre 1990 e 1996 devem trazer a frase “The United States of America” na borda exterior do retrato oval.

Você também pode usar uma caneta que detecta dinheiro falso. 

Essa caneta procura os compostos químicos usados nas falsificações, mas os falsificadores atualmente estão mais espertos, pois não os usam mais. 

Este tipo de caneta é 100% confiável.

Atualmente é possível comprar uma caneta detectora com iluminação ultravioleta por ótimos preços na internet.

Diferença entre o dólar comercial e dólar turismo.

A grande diferença entre o dólar comercial e o turismo está nas suas cotações, ou seja, existem cotações diferentes para cada um deles.

O dólar comercial utiliza uma cotação adotada pelo mercado financeiro para negociações de grandes movimentações financeiras, ou seja, para a entrada e saída de moeda no país. Devido a isso, ele só é negociado nas instituições legalizadas com a finalidade de exportação ou importação.

O dólar turismo geralmente é utilizado por turistas que os utilizam para custear suas despesas em viagens internacionais. E sua cotação é determinada pelas casas de câmbio.

A cotação do dólar turismo é baseada na cotação do dólar comercial, acrescido de uma taxa. Nesta taxa estão incluídos, custos administrativos, financeiros, de armazenamento, de liquidação e outros, por isso, o turismo é negociado a valor mais elevado do que o dólar comercial.

Essa taxa varia muito entre as casas de câmbio, más, em média é de 5%.

É possível negociar o dólar turismo em espécie (papel moeda), também, por meio de cartões.

O que influencia a cotação?

O fator que mais influencia a variação da cotação do dólar hoje, ainda é a lei da oferta e demanda.

Ou seja, se existe muita procura, a quantidade em circulação diminui, o que eleva os preços, se existe pouca procura, a quantidade em circulação aumenta, o que diminui os preços.

Más, vários fatores e fenômenos da economia influenciam a variação da cotação, entre eles, crises econômicas, negociações para investimentos, decisões políticas, fenômenos de força maior como pandemias etc.

Quais impostos incidem sobre o dólar turismo?

Sobre todas as operações de câmbio incide a cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

O IOF varia, e hoje, para negociações de dólar em espécie está em aproximadamente 1,1% sobre o valor da compra, e para a compra de dólar com cartão internacional, o valor do IOF está em aproximadamente 6,38%. 

Qual é o local correto para negociar?

Os locais legalmente permitidos para negociar qualquer tipo de moeda estrangeira são as instituições autorizadas pelo Banco Central (BACEN) como bancos e corretoras.

Negociar em locais autorizados é o que garantirá a você segurança e garantia na negociação.

O que é o dólar paralelo?

Com certeza você já deve ter ouvido esse termo ao procurar comprar dólares.

O dólar paralelo é o dólar físico, más, que é negociado fora de bancos e instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central.

Geralmente são negociados em casas de câmbio, a cotações acima da cotação do dólar comercial.

A negociação do dólar paralelo não é autorizada pelo Banco Central, portanto, não tem qualquer garantia legal, por isso, tome muito cuidado com o local onde pretende negociar moedas, porque existe muita falsificação por aí.

Dólar – Como descobrir o melhor momento para comprar?

Geralmente, os leigos acreditam não ser possível “prever” o que poderá acontecer com a cotação das moedas, más, posso afirmar para você, categoricamente que sim, é possível prever até certo ponto o que irá acontecer.

O “prever”, esbarra no fato de que, fenômenos aleatórios e imprevisíveis podem impactar as cotações das moedas a qualquer momento, como é o caso da pandemia que vivemos atualmente em 2020.

Más, em momentos normais, através do uso da análise gráfica, da análise técnica, e dados econômicos, é possível, sim, identificar fortes sinais de virada das tendências de longo prazo.

E com isso é possível ganhar um bom dinheiro comprando, ou até mesmo, vendendo posições com visão de médio e longo prazo, e isso em qualquer moeda.

Essa é uma técnica muito utilizada por investidores profissionais (traders).

O mais conhecido de todos os traders é o mega investidor George Soros.

Soros ficou conhecido como “o homem que quebrou o Banco da Inglaterra” em 1992, quando ganhou cerca 1 bilhão de libras apostando “contra” a libra esterlina, a moeda corrente no Reino Unido.

Em 16 de setembro, no dia conhecido como “Quarta-feira Negra”, o Tesouro britânico perdeu bilhões em reservas, forçando a retirada da libra do Mecanismo Europeu de Taxas de Câmbio.

Graças a esse e outros investimentos semelhantes, Soros consolidou sua imagem de principal investidor em moeda no mundo.

Más, particularmente, eu também já ganhei dinheiro com o câmbio.

Obviamente não foram milhões como Soros, más foi uma bela rentabilidade.

Me posicionei no dólar durante essa última forte alta da paridade, dólar comercial x real brasileiro, que teve início em 2011 e persiste até o momento, com o dólar batendo a cotação histórica de R$ 5,84.

Se você quiser descobrir como ganhei dinheiro com o dólar durante essa alta, e quiser aprender a aproveitar essas oportunidades também, eu criei um material muito fácil de acompanhar e muito acessível no formato de e-book.

Ele custa menos de R$ 10 reais, amigo, muito barato.

Se você achou interessante, dê uma olhada no material aqui.

O que é o contrato futuro de dólar?

O contrato futuro de dólar funciona como um acordo de compra, ou, venda da moeda, para um período futuro, a um preço pré-estabelecido.

Más, ao contrário de alguns tipos de contrato futuro, no caso do dólar, o vencimento não obriga o portador a entregar o papel moeda físico.

No vencimento, o portador do contrato sofrerá a liquidação financeira em reais, de acordo com a cotação vigente e das regras da posição tomada.

Geralmente, o contrato futuro é utilizado como meio de travar a cotação em determinado valor, e isso serve principalmente como forma de defesa de carteiras, ou, para especulação.

Dólar – Como ele pode ser utilizado como investimento.

Na prática, existem várias formas de investir utilizando o dólar, tanto através de moeda física, através de contratos, até mesmo através de ações que sofram forte influência da moeda, como é o caso de algumas fortes exportadoras.

No caso de investir através de contratos futuros por exemplo, geralmente os investidores utilizam corretoras de valores para comprar contratos futuros de dólar, geralmente, quando tem uma perspectiva de que a cotação irá subir ainda mais.

Com isso, enquanto o investidor estiver comprado no contrato, ele sofrerá a variação da cotação, ou seja, se a cotação subir ele ganha, se a cotação cair, ele poderá perder se vender o contrato a cotações mais baixas do que comprou.

Quando a cotação atingir o valor esperado, o investidor vende e realiza o lucro.

É possível também investir na moeda física, comprando e mantendo os dólares guardados em local adequado, geralmente em cofre de banco.

Más, investir no papel físico só é vantajoso se a perspectiva for de uma alta significativa, porque ele traz algumas desvantagens, como o IOF, que na compra de moeda física é mais alto, além das taxas cobradas pela compra da moeda física, pois você terá que pagar a cotação do dólar turismo, e as taxas para a guarda no banco, porque guardar em casa é muito perigoso.

Outra forma de investir em dólar é através de fundos cambiais, que são fundos de investimentos baseados em moedas estrangeiras, em geral, o dólar.

A forte alta que a cotação está sofrendo no momento, maio de 2020 é mais uma prova da importância de mantermos, ao menos, uma parte de nosso capital para investimentos, em dólar.

Ou seja, devemos utilizar o dólar não somente como forma de variar a carteira de investimentos, como também uma importante forma de proteção da carteira, devido à importância da moeda no cenário mundial.

Veja quais são as notas que circulam atualmente.

Em 2020 existem sete notas de dólar em uso.

As notas de US$ 1, US$ 2, US$ 5, US$ 10, US$ 20, US$ 50 e US$ 100.

Na frente da nota de 1 dólar existe a imagem de George Washington.

1 frente da nota de 1 dólar 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

No verso da nota de 1 dólar está o brasão de armas do país e a pirâmide inacabada.

2 verso da nota de 1 dólar 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

Na frente da nota de 2 dólares existe a imagem de Thomas Jefferson.

3 frente da nota de 2 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

No verso da nota de 2 dólares está a imagem da declaração da independência.

4 verso da nota de 2 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

Na frente da nota de 5 dólares está a imagem do presidente Abraham Lincoln.

5 frente da nota de 5 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

No verso da nota de 5 dólares está o Lincoln Memorial, construído em sua homenagem.

6 verso da nota de 5 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

Na parte da frente da nota de 10 dólares está a imagem de Alexander Hamilton, que foi o primeiro Secretário do Tesouro dos Estados Unidos.

7 frente da nota de 10 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

No verso da nota de 10 dólares está o prédio do Tesouro.

8 verso da nota de 10 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

Na frente da nota de 20 dólares está a imagem de Andrew Jackson, o 7º presidente dos Estados Unidos.

9 frente da nota de 20 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

No verso da nota de 20 dólares está a imagem da Casa Branca.

10 verso da nota de 20 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

Na frente da nota de 50 dólares está Ulysses S. Grant, que foi um dos presidentes Norte Americanos.

11 frente da nota de 50 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

No verso da nota de 50 dólares está o prédio do Capitólio.

12 verso da nota de 50 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

E na frente da nota de 100 dólares, está a imagem de Benjamin Franklin, um dos líderes da Revolução Americana.

13 frente da nota de 100 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

No verso da nota de 100 dólares está a imagem do Salão da Independência.

14 verso da nota de 100 dólares 640px - Dólar Hoje - Confira A Cotação.

E ao longo do tempo já foram impressas notas de US$500, US$1.000, US$5.000, US$10.000 e US$100.000, mas sua fabricação foi proibida em 1969.

Bem é isso, amigo (a).

Espero que essas informações o ajude a ter um melhor entendimento sobre essa importante moeda.

Fico por aqui.

Até o próximo post.

Fonte de informações e imagens wikipedia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *